Suíço

Federer passa Nadal e vira 6º do ranking da ATP

Publicado em 20/03/2017 , às 16 h11

Estadão Conteúdo

Suíço levou o título de Indian Wells / Foto: AFP

Suíço levou o título de Indian Wells Foto: AFP

Com apenas oito torneios disputados nas últimas 52 semanas, Roger Federer já é o sexto do ranking mundial. O suíço ganhou quatro posições no ranking da Associação dos Tenistas Profissionais (ATP) depois do título do Masters 1000 de Indian Wells, conquistado no domingo, e ultrapassou, entre outros, o seu maior antagonista, Rafael Nadal.

Os dois se enfrentaram nas oitavas de final de Indian Wells, no mais precoce duelo entre eles desde a primeira vez que duelaram, com Federer vencendo mais uma vez. O suíço já havia levado a melhor na decisão do Aberto da Austrália, em janeiro. Só esses dois torneios deram a ele 3.000 de seus 4.305 pontos.

Vice-campeão de Indian Wells no ano passado, Raonic não disputou o torneio neste ano e perdeu uma posição no ranking, caindo para o quinto lugar. O novo quarto colocado é o japonês Kei Nishikori, que só aparece atrás do líder Andy Murray, do vice-líder Novak Djokovic e do suíço Stan Wawrinka, que se manteve em terceiro depois de alcançar a final.

A distância dele para Djoko, aliás, caiu de 4.630 para 3.210 pontos. O sérvio, eliminado nas oitavas de final em Indian Wells, também não vai jogar em Miami nesta semana, deixando de defender 1.000 pontos. Wawrinka, em compensação, caiu na estreia lá no ano passado e tudo que avançar desta vez será lucro.

RANKING - O Top 10 ainda teve outras mudanças, com Nadal caindo de sexto para sétimo lugar, o austríaco Dominic Thiem ganhando uma posição para aparecer em oitavo, enquanto o croata Marin Cilic e o francês Jo-Wilfried Tsonga perderam dois lugares cada e agora são, respectivamente, o nono e o 10.º colocados.



Depois de sair do qualifying para chegar às oitavas de final de Indian Wells, o sérvio Dusan Lajovic a mais expressiva subida no ranking nesta atualização, ganhando 21 posições e aparecendo em 85.º lugar. Por conta do Masters 1000, o ranking não era atualizado havia duas semanas.

Outro que saiu do quali para as oitavas de final, o japonês Yoshihito Nishioka ganhou 12 posições e agora é 58.º. A atualização, aliás, foi boa para o tênis do Japão. Yuichi Sugita e Taro Daniel ganharam 18 e 19 posições respectivamente e entraram para o Top 100.

Para o Brasil, as últimas duas semanas foram ruins. Thomaz Bellucci manteve o 71.º lugar depois de derrota na estreia de Indian Wells e de cair na segunda rodada do Challenger de Irving, também nos Estados Unidos. Thiago Monteiro perdeu cinco posições, para aparecer em 82.º lugar, após também deixar o Masters 1000 na primeira rodada.

Ele agora vê a ameaça de Rogério Dutra Silva na briga pelo posto de segundo melhor brasileiro no ranking. Rogerinho ganhou uma posição, aparecendo em 84.º, após ganhar o Challenger de Santiago, no Chile, e cair nas quartas de final do Challenger de Buenos Aires, na Argentina.

Confira a lista dos 20 primeiros colocados do ranking da ATP:

1º - Andy Murray (ESC), 12.005 pontos

2º - Novak Djokovic (SER), 8.915

3º - Stan Wawrinka (SUI), 5.705

4º - Kei Nishikori (JAP), 4.730

5º - Milos Raonic (CAN), 4.480

6º - Roger Federer (SUI), 4.305

7º - Rafael Nadal (ESP), 4.145

8º - Dominic Thiem (AUT), 3.465

9º - Marin Cilic (CRO), 3.420

10º - Jo-Wilfried Tsonga (FRA), 3.310


PALAVRAS-CHAVE: tênis esportes

Continue Lendo

COMENTE ESTA MATÉRIA

Nome:
E-mail
Mensagem

O comentário é de total responsabilidade do internauta que o inseriu. O NE10 reserva-se o direito de não publicar mensagens com palavras de baixo calão, publicidade, calúnia, injúria, difamação ou qualquer conduta que possa ser considerada criminosa.

SERVIÇOSNE10


Vitrine NE10
Vitrine NE10
Fechar vídeo